Noticias

Veja as últimas notícias

Apartamentos à venda de até R$ 500 mil em São Paulo têm boa demanda, apesar da crise

Apartamentos à venda de até R$ 500 mil em São Paulo têm boa demanda, apesar da crise

Zona Leste tem recebido cada vez mais lançamentos voltados para o segmento médio e popular, que mantém o mercado imobiliário aquecido

Apesar da crise e da retração da economia brasileira que impactam o mercado imobiliário, determinados segmentos do setor mantêm-se aquecidos. Imóveis de perfil médio ou popular, por exemplo, continuam sendo bastante procurados. Em São Paulo, a busca por imóveis em regiões mais populares como nos bairros da Zona Leste têm apresentado uma boa demanda, relativa a famílias com rendas baixa e média, com maior acesso a créditos bancários e financiamentos imobiliários. A procura por um apartamento à venda na Vila Matilde , um dos bairros mais tradicionais da região leste paulista, por exemplo, permanece alta e o lançamento de novos empreendimentos demonstram a vitalidade deste segmento, responsável pelo maior déficit habitacional.

Dentre os apartamentos à venda em São Paulo , mais da metade corresponde a unidades cujo valor está abaixo de R$ 500 mil. Segundo dados de pesquisa realizada pelo Secovi-SP (Sindicato da Habitação de São Paulo), entre janeiro e julho de 2016, 67% das 8 mil unidades comercializadas na cidade custavam abaixo de 500 mil reais. Entre as 6,8 mil unidades lançadas, 72% estavam com valor abaixo de R$ 500 milhões. Grande parte desses imóveis está localizada na Zona Leste, que tem atraído lançamentos que contribuem para a valorização da região.

Com 5,7 mil novos imóveis à venda, ainda de acordo com o Secovi-SP, essa é a parte da cidade com maior quantidade de projetos dentro do segmento popular, com uma grande parte subsidiada pelo programa Minha Casa Minha Vida, relativo a apartamentos com valores de até R$ 225 mil. Desde 2013, foram construídos 141 empreendimentos na Zona Leste, com 64% abaixo de R$400 mil, correspondentes a imóveis de perfil médio e popular com bom desempenho de vendas. Chama a atenção o fato de que apartamentos acima dos R$300 mil tiveram menor procura, e plantas de andar mais baixo ou unidades localizadas na face sul, sem sol, que não são os mais desejados, ainda tiveram seus valores reduzidos para facilitar as vendas.

Vila Matilde é um bairro com ampla oferta de serviços, comércio, transporte e facilidade de acesso às demais regiões de São Paulo. Por isso é muito procurado por um público que inclui idosos, jovens casais, solteiros e divorciados, que buscam uma boa localização e preços mais atraentes. Quem procura um apartamento na Vila Matilde pode buscar um dos vários recém-lançados empreendimentos imobiliários na região, como o Raízes Vila Matilde, da Mitre Realty.

Com unidades de 2 e 3 quartos com uma suíte, contando com plantas bem divididas de 61 a 93 metros quadrados, e uma ou duas vagas de garagem, o lançamento privilegia espaço, conforto e segurança. O condomínio conta ainda com opções completas de lazer para a família como academia, salão de jogos, bicicletário, terraço gourmet, piscinas (adulto e infantil), playground, sala de massagem, espaço Pilates, churrasqueira e salão de festas, dentre outras amenidades e áreas comuns.
O empreendimento está localizado a 700 metros do Metrô Vila Matilde (Linha Vermelha – 3), e também próximo à Estação Guilhermina Esperança, o que garante a boa localização do prédio. A Vila Matilde, bairro tradicional da Zona Leste de São Paulo, tem ares de interior, com um ritmo menos acelerado, apesar da grande oferta de comércio e serviços no bairro, criado na década de 1920, e berço da famosa escola de samba Nenê de Vila Matilde.

A região possui um alto Índice de Desenvolvimento Humano (IDH), e o bairro é cortado por importantes avenidas como Radial Leste, Marginal Tietê, Avenida Aricanduva e Avenida Itaquera, e está perto de outros distritos como Penha, Carrão e Aricanduva. Raízes Vila Matilde ainda está localizado perto de shopping centers, hospitais, escolas e comércio em geral, e o local ainda está nas proximidades da ciclovia, ampliando ainda mais as possibilidades de transporte e deslocamento.

Fonte: Noticias.terra.com.br

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>