Noticias

Veja as últimas notícias

Aprenda mecanismos para fazer avaliação de imóveis

Aprenda mecanismos para fazer avaliação de imóveis

De 6 a 15 de outubro, a Universidade Secovi realiza a oitava turma do curso Aspectos Práticos da Avaliação de Imóveis. “O programa ensina quem trabalha no mercado imobiliário a saber estimar o valor do produto a ser vendido ou alugado por meio de metodologia  essencialmente prática”, explica Francisco Regis, docente do curso ao lado de Marcelo Pereira de Melo, de quem é sócio na Imobiliária Harmonia.

Engenheiro de Produção da Poli-USP, com pós-graduação em Administração de Empresas pela FGV, Regis também é corretor de imóveis e acumula experiência de 36 anos no desenvolvimento de atividades imobiliárias. Confira abaixo a entrevista em que detalha o curso.

O que os alunos vão aprender?

O objetivo final é sair do curso sabendo fazer o parecer técnico de avaliação de imóvel para apresentar ao seu cliente. O programa é ministrado em duas partes. A primeira, da qual sou instrutor, trata da parte prática da avaliação, mostra os métodos de avaliação sem o rigor da norma ABNT 14.653 (de avaliação de imóveis). Qualquer corretor ou profissional que trabalha no mercado imobiliário poderá estimar para o cliente o valor – tanto locação quanto venda – do imóvel.

E a segunda parte, o que ensina?

As aulas com o docente Marcelo Pereira de Melo serão mais técnicas, quando os alunos terão contato com as principais normas vigentes (ABNT e IBAPE), aprendendo metodologia formal para fundamentar melhor suas avaliações.

Dê um exemplo prático do que será ensinado.

Serão ensinados métodos de avaliação: comparativo, da renda, do custo, involutivo (avaliação de determinação de valor de terreno para loteamento ou incorporação) e o método do terreno virtual (usado em laudos de operação urbana). O corretor de imóveis vai usar o método comparativo na maioria das suas avaliações – é a comparação do imóvel que está sendo avaliado com imóveis semelhantes, com as mesmas características, na mesma região que estejam à venda.

Os alunos que geralmente fazem esse curso atuam em quais atividades imobiliárias?

Os corretores representam 60% do nosso público; 20% são pessoas que trabalham em imobiliárias, não diretamente na parte de corretagem; e 20% são empresários do setor que possuem carteira de imóveis próprios.

No que vai facilitar o dia a dia profissional?

Ele terá mecanismos para estimar com mais precisão o valor de venda ou locação de um imóvel, além de poder aumentar seus rendimentos na elaboração de pareceres ou laudos de avaliação imobiliária.

Fonte: Secovi

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>