Noticias

Veja as últimas notícias

Condomínios horizontais: atenção aos animais peçonhentos

Condomínios horizontais: atenção aos animais peçonhentos

Animais peçonhentos, como escorpiões e aranhas, são alvos constantes de reclamações em condomínios na região de São José do Rio Preto. Síndicos, administradores e moradores precisam estar atentos porque estes animais são ameaças à saúde de moradores, especialmente quando as vítimas são crianças e idosos.

Vedar soleiras de portas com borracha ou um pano, manter o quintal limpo, sem a presença de entulhos ou madeiras, olhar dentro de sapatos ao calçá-los e usar luvas de couros durante a prática de jardinagem são dicas simples, mas que podem evitar o ataque de escorpiões. A orientação é do Departamento de Vigilância Ambiental, da Secretaria de Saúde de São José do Rio Preto.

“Este é um assunto que deve estar em pauta dos condomínios o ano todo, e não apenas no verão, quando os índices são maiores. A prevenção é ainda a principal arma contra estes animais”, explica Alessandro Nadruz, diretor regional do Secovi em São José do Rio Preto.

Foram recebidas, entre janeiro e agosto, 230 ligações por causa de escorpiões pelo setor de controle de endemias em Rio Preto. No mesmo período, 78 rio-pretenses foram atacados. Alguns condomínios em Mirassol recorreram às galinhas-d’angola para ajudar no combate ao escorpião.

Apesar de medir apenas sete centímetros na fase adulta, o aracnídeo tem veneno capaz de afetar o sistema nervoso central e causar sérios problemas de coração quando a picada não é tratada rápida e corretamente.

Fonte: Secovi

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>