Noticias

Veja as últimas notícias

Aluguel no Brasil é o mais barato desde o 1º trimestre de 2013

Aluguel no Brasil é o mais barato desde o 1º trimestre de 2013

Valor médio do m² para aluguel no Brasil tem desvalorização real de 15,30% no 1º trimestre do ano, segundo índice do VivaReal

SÃO PAULO – O valor atual médio do aluguel por m² no Brasil é o menor em pelo menos 3 anos, de acordo com o portal de classificados imobiliários VivaReal. O preço fechou o mês de março deste ano em R$ 25, desvalorização nominal de 5,5%, na comparação com março de 2015.

Considerando a inflação, os valores apresentaram queda real de 15,30%. O IGP-M acumulado no período foi de 11,56%.

Feito desde 2013 com base em 4 milhões de imóveis localizados em 30 cidades brasileiros, o levantamento concluiu que instabilidade e restrições no crédito imobiliário afetaram o equilíbrio da oferta e demanda de imóveis.

“Com a dificuldade para vender muitos proprietários preferiram apostar na locação a ficar com eles parados. Isso aumentou a oferta e deu margem para o consumidor negociar, o que contribui para a queda no valor médio do aluguel”, comenta Lucas Vargas, Executivo Chefe de Operações do VivaReal.

Entre as 30 cidades analisadas, Fortaleza (+7,62%) apresentou a maior valorização nominal do valor médio do m² para aluguel. Joinville (+7,33%), Florianópolis (+5,88%), Porto Alegre (+5,53%) e Santos (+3,36%) também apresentaram variação positiva.

Por outro lado, as capitais com as maiores desvalorizações nominais do preço foram Rio de Janeiro (-21,3%), Brasília (-8,0%), Recife (-7,5%), Belo Horizonte (-7,0%) e Vitória (-5,4%).

Vendas e alugueis

Por sua vez, as vendas de imóveis viram perdas reais de 8,1% em 12 meses, segundo o FipeZap. Considerando apenas o mês de março a variação foi de apenas 0,03%.

Em março, a demanda por compra, de acordo com o levantamento, voltou a superar a demanda por aluguel neste mês. Vargas acredita que isso deve se manter: “após a sazonalidade favorável para locação, que ocorre nos últimos meses do ano, a procura por compra voltou a ultrapassar aluguel. A tendência é que a demanda continue dessa maneira no resto do ano. No entanto a diferença entre a procura por locação e compra deve permanecer mais próxima”, afirma.

Veja, abaixo, uma tabela comparativa entre as demandas por venda e aluguel de imóveis durante o período:

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>