Noticias

Veja as últimas notícias

Condomínios devem ficar atentos para as providências de final de ano

Condomínios devem ficar atentos para as providências de final de ano

Engana-se quem acha que as preocupações dos síndicos e administradores de condomínio no final do ano são restritas a decoração de Natal. Além das tradicionais luzes e árvores típicas dessa época do ano, outros importantes temas permeiam os meses de novembro e dezembro.

Além do 13º salário, gratificações de natal, impostos, dissídio dos funcionários e previsão orçamentária para o ano seguinte, há ainda a checagem e manutenção dos equipamentos de lazer, preparativos para as férias escolares e os cuidados redobrados com a segurança.

Mas como fazer para organizar e administrar todos esses assuntos? O primeiro passo é o planejamento. Segundo especialistas, desde a decoração natalina até a previsão orçamentária para o ano seguinte, tudo deve ser pensando antecipadamente. Na opinião do vice-presidente do In¬terior do Secovi-SP e diretor da Regional Sorocaba, Flavio Amary, os condomínios que se preparam para toda a carga extra do final do ano, evitam muitos problemas e dores de cabeça no ano seguinte. “O último trimestre é marcado por um aumento de 15%, em média, nos custos condominiais por causa das despesas extras. O ideal é prever esses gastos no orçamento do ano e dividi-los em 12 meses junto com a cota condominial. Também é importante convocar uma assembleia para definir o orçamento do ano seguinte e entregar com antecedência a cota condominial de janeiro, uma vez que muitos moradores viajam neste período de férias”, explica Amary.

Além da previsão de caixa, a segurança é outro assunto que exige cuidados e planejamento para essa época do ano. É comum que os condomínios fiquem relativamente vazios nesta época e, cabe ao síndico ou à administradora, alertar e orientar os moradores sobre certos cuidados.

Segundo a diretora de Condomínios da Regional do Secovi-SP em Sorocaba, Cleusa Maria Bersi, os funcionários devem estar alertas. “É sempre bom oferecer treinamentos e cursos de reciclagem para a equipe de segurança, mas os moradores também podem colaborar tomando alguns cuidados básicos como, por exemplo, pedir para deixar a correspondência na portaria e suspender a entrega de jornais e revistas, deixar as chaves com algum parente ou amigo e avisar seu vizinho que estará ausente, pois eles poderão notar alguma irregularidade em sua unidade”, comenta Cleusa.

As férias escolares também requerem atenção de síndicos e administradores. “Esse é um período de grande utilização dos equipamentos e espaços de lazer, e os mesmos devem estar em dia para o uso dos moradores. Alguns condomínios também organizam uma programação especial de atividades recreativas. Caso o edifício não conte com uma assessoria especializada na área, é possível formar uma comissão de moradores para planejar o período de férias”, esclarece Cleusa.

Quanto à decoração de Natal, alguns cuidados são igualmente importantes. De acordo com o Programa Casa Segura, criado com o objetivo de alertar a população sobre os riscos de acidentes elétricos, a iluminação natalina deve ser feita com produtos de boa procedência e certificados pelos institutos controladores de qualidade. Na ornamentação de exteriores (como fachadas, jardins, varandas e grades), o cuidado deve ser redobrado. A umidade e a presença de água são fatores que elevam o risco de acidentes.

Seguindo um bom planejamento do condomínio e tomando as providências necessárias para o final do ano, todos poderão aproveitar essa época confraternizando com os amigos e desfrutando de bons momentos em família.

Fonte : Secovi SP.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>