Noticias

Veja as últimas notícias

Imagens do imóvel favorecem visibilidade dos anúncios na web

Imagens do imóvel favorecem visibilidade dos anúncios na web

Organizar os ambientes e deixar o local bem iluminado favorece bons resultados. O número de visitas dos anúncios é impulsionado diretamente pela quantidade e qualidade das imagens. Veja a seguir uma série de passos que podem auxiliar você a retratar melhor o objeto de venda.

1. Organize os ambientes - Antes de fotografar, retire os objetos pessoais e arrume o local, pois um excesso de objetos ou a falta de organização podem sobrecarregar o ambiente e prejudicar a primeira impressão de um provável comprador.

2. Mantenha o imóvel bem iluminado - Quanto mais iluminado, maior a sensação de amplitude. Se puder, prefira tirar as fotos durante o dia e abra bem as janelas.

a) Fotos na contraluz sempre dão trabalho, a iluminação natural que entra pela janela não é suficiente para iluminar todo o ambiente para fotografia.

b) É aconselhável acender as luzes da casa, mesmo durante o dia, e manter o flash da máquina sempre ligado.

c) O ideal é abrir todas as janelas e também ligar todas as lâmpadas do cômodo. Se o ambiente for muito grande, O ideal é usar também um abajur nos cantos, ou iluminando algum espaço específico que se queira que fique bem na foto. O que não deve ser feito é usar uma luz aberta (só a lâmpada sem o bojo do abajur, por exemplo), porque na imagem ela aparece como um clarão. Se for usar, cubra a lâmpada com um tecido – e, claro, não deixe a “gambiarra” aparecer na foto.

3. Varie os ângulos e os enquadramentos - Se estiver em dúvida sobre como aquele espaço ficará melhor, faça uma série de imagens de perspectivas diferentes e, depois, compare-as, selecionando as que fotos que mostram mais informações relevantes. (Lembrando que no nosso sistema fotos em pé perde muito a qualidade). 

Questão de observação - Fazer uma foto não é simplesmente levantar a câmera e apertar um botão. É preciso parar e observar o espaço a ser retratado e escolher o melhor ângulo para fazer o registro. Suba em uma cadeira, abaixe, se acostume ao ambiente, repare o que tem nele; isso faz toda a diferença.

Detalhes merecem atenção especial das lentes. Se o teto tem alguma característica especial, por exemplo, a câmera pode ser colocada quase no nível do chão e fazer a foto olhando para cima. O mesmo vale com algum detalhe do piso. O ideal é ter pelo menos um dos dois elementos na mesma foto, piso e teto, e o melhor mesmo é ter ambos. Isso serve para dimensionar o espaço, dar uma referência de tamanho para quem olha. A tentativa deve ser sempre a de mostrar todo o ambiente.

4. Programe a câmera para o modo paisagem - Com essa seleção, o equipamento trabalha com a máxima profundidade de campo, o que se traduz em uma área maior em foco.

5. Cuidado com detalhes como os reflexos nos vidros e nos espelhos -Evite ângulos em que esses reflexos aparecem e, ao fotografar banheiros, mantenha sempre a tampa do vaso sanitário fechada.

6. No caso de apartamentos, faça fotos das áreas comuns do condomínio Os ambientes de uso comum, assim como a paisagem vista da janela ou da varanda, também são importantes para o comprador.

7. Coloque as fotos na sequência da visita - Dessa maneira, as pessoas conseguem ter uma percepção melhor dos cômodos e dos espaços.

8Fotos externas A observação também vale para as fotos feitas fora da casa ou prédio, seja da fachada ou de ambientes como piscina e quintal. Objetos mostrados na imagem devem estar todos com a mesma luz, ou seja, ou tudo no sol ou tudo na sombra.

Se o interesse for, justamente, mostrar a sombra em determinado local, de preferência em horários cedo de manhã ou no fim da tarde. Entre 10h e 16h não é muito bom para fazer essas imagens, porque a luz geral é muito branca, e a sombra acaba ficando muito escura. O sol deve ficar atrás ou ao lado do fotógrafo.

Para evitar as distorções das linhas, a sugestão é fazer a foto a alguma distância da casa, e aproximar um pouco a imagem usando o zoom da própria câmera. Também é aconselhável que o fotógrafo esteja um pouco mais alto que o nível do chão, para dar uma proporção melhor do imóvel. Além disso, no caso de piscinas, a foto feita de cima de uma escada de três degraus, por exemplo, dá impressão de profundidade, em vez de parecer um objeto chato.

9. O que fotografar em um imóvel - A foto da fachada é a primeira que deve aparecer. Procure valorizar a arquitetura, o paisagismo e a segurança da propriedade.

a) Sempre que possível, as fotos devem mostrar a luminosidade natural de cada ambiente, principalmente quando não estão mobiliados;

b) Itens de estrutura diferenciados valem fotos exclusivas: sacada, churrasqueira, hidromassagem, living com dois ambientes, piscina, cozinhas amplas etc;

c) Detalhes que valorizam o imóvel merecem atenção: acabamento no teto, no piso, iluminação, esquadrias, banheiros, etc;

d) Se a rua da propriedade for tranquila, arborizada, vale ser fotografada também;

e) Valorize a vista que se tem a partir do imóvel – de preferência, faça a foto em um dia de sol, com luz natural.

Colaboração: Directa Imóveis

Fonte: Secovi – SP

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>