Noticias

Veja as últimas notícias

Imóvel sobe apenas 0,53% em 12 meses e tem perda real de 8,1%

Imóvel sobe apenas 0,53% em 12 meses e tem perda real de 8,1%

O acumulado de 2016 teve uma variação de -0,1% no preço médio do metro quadrado

SÃO PAULO – O preço dos imóveis continua estagnado e perdendo para a inflação. De acordo com o  Índice FipeZap, nos últimos doze meses, os imóveis tiveram valorização de apenas 0,53%, o que indica uma queda real (descontando a inflação) de 8,1% – levando em conta a inflação estimada de 9,5% para o IPCA.

Considerando apenas o mês de março a variação foi de apenas 0,03%, segundo o índice. Das 20 cidades brasileiras avaliadas, seis tiveram variação negativa e doze tiveram aumento inferior à inflação no terceiro mês do ano, sendo Curitiba e Florianópolis as únicas cidades com aumento acima das expectativas (0,70% e 0,66% respectivamente).

O m² mais caro do país continua sendo o do Rio de Janeiro (R$ 10.371), seguido por São Paulo (R$ 8.617), Distrito Federal (R$ 8.558) e Niterói (R$ 7.455), enquanto o mais barato é encontrado em Contagem, em Minas Gerais (R$ 3.542). A média de preço das 20 cidades é de R$ 7.615.

Na capital paulista, apesar do preço do m² ser o segundo maior do país, a variação de preço foi de 0,01%. O bairro mais caro é o do Jardim Paulistano (R$ 15.550), seguido por Vila Nova Conceição (R$ 15.454) e Jardim Europa (R$ 14.734).

Enquanto isso, Cidade Tiradentes (R$ 2.710), Itaim Paulista (R$ 3.704) e Artur Alvim (R$ 3.800) são os bairros de menor preço da cidade.

 

Fonte: InfoMoney

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>